02 agosto 2017

Homem que protegeu pilotos dos banhistas é jogador de basquetebol do Benfica

Um dos homens que protegeu os pilotos, quando os banhistas se dirigiram a eles, é jogador de basquetebol no Benfica. No site oficial do clube a história é partilhada com o título "Nicolas dos Santos - herói improvável numa tragédia". As pessoas que estavam na praia aproximaram-se da aeronave, onde estavam os dois tripulantes, e não esconderam o descontentamento e a indignação.

Um dos homens que protegeu os pilotos, quando os banhistas se dirigiram a eles, é jogador de basquetebol no Benfica. No site oficial do clube a história é partilhada com o título "Nicolas dos Santos - herói improvável numa tragédia".

Em declarações, o jogador conta que se viveram momentos de medo e diz que a primeira reação foi correr para ajudar o nadador salvador a proteger os pilotos. Confessa que se meteu no meio para evitar uma outra tragédia numa altura em que várias pessoas queriam bater nos dois homens eg arante que a solução não era bater mas sim manter a calma e esperar pelas autoridades.

"A minha mulher correu para junto da criança e não conseguia parar de chorar porque assistiu a tudo e à aflição da mãe abraçada à filha. Foi horrível! Eu corri para ajudar o nadador salvador, pois havia cada vez mais pessoas a chegar à praia e queriam bater no piloto da avioneta e no tripulante, também eles cheios de medo. Eu meti-me no meio para tentar evitar que acontecesse outra tragédia. Quis ajudar. A solução não era bater, era manter a calma e esperar que as autoridades, a polícia e a ajuda médica de emergência chegassem. Manter a calma era o mais importante no momento", disse o jogador.

Fonte: SIC Notícias