12 agosto 2016

Seis grandes incêndios por dominar, quatro em Aveiro



Mais de 1.300 operacionais combatem esta tarde seis grandes incêndios nos distritos do Porto, Vila Real e Aveiro.

No continente, a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) considera como "ocorrências importantes", no site oficial, às 16:30, seis incêndios nos concelhos de Águeda, Arouca, Anadia, Sever do Vouga, Mondim de Basto e Marco de Canaveses.

O incêndio que está a mobilizar mais meios decorre no concelho de Águeda, no distrito de Aveiro, com 393 operacionais, apoiados por 120 meios terrestres e três aéreos. O fogo começou na madrugada de segunda-feira.

Também no distrito de Aveiro, no concelho de Arouca, um fogo que também começou na segunda-feira está a ser combatido por 326 elementos, 105 viaturas e três meios aéreos. De acordo com a ANPC, o fogo tem quatro frentes ativas.

Aveiro tem ainda mais dois fogos significativos, em Anadia e Sever do Vouga. No primeiro concelho, estão 310 operacionais, 96 veículos e quatro meios aéreos no combate às chamas. O fogo tem duas frentes e deflagrou na terça-feira numa zona de mato, cerca das 17:10. O incêndio em Sever do Vouga conta com 104 operacionais, apoiados por 29 meios terrestres e dois aéreos. As chamas desde quinta-feira às 23:20.

No concelho de Mondim de Basto, em Vila Real, um incêndio que teve início na madrugada de hoje está também a consumir uma zona de floresta. No local encontram-se 111 elementos, 29 viaturas e um meio aéreo.

O fogo que mobiliza menos meios, da lista dos mais significativos, é em Marco de Canaveses, no distrito do Porto, com 59 operacionais e 17 veículos. O incêndio, que decorre numa área de mato, tem uma frente.


Fonte: TSF