08 outubro 2014

Jovem confessa ter ateado fogo na Serra do Caramulo

FOTO: Nuno André Ferreira
Um dos acusados da autoria dos incêndios do verão do ano passado na Serra do Caramulo confessou hoje ter ateado "cinco ou seis fogueirinhas", durante a primeira sessão do julgamento, que está a decorrer em Vouzela.

Luís Patrick e Fernando Marinho estão acusados, em coautoria, de um crime de incêndio florestal, de quatro homicídios qualificados e de 13 de ofensa à integridade física qualificada. Sobre o primeiro recai também a acusação de condução sem qualificação legal.

De manhã, Luís Patrick garantiu estar inocente, negando ter andado com Fernando Marinho numa motorizada a atear focos de incêndio na serra, na noite de 20 para 21 de agosto do ano passado. À tarde, Fernando Marinho contou que, depois de ter estado com Luís Patrick e mais quatro amigos na praia fluvial a consumir bebidas alcoólicas, o colega disse que ia para casa e ele aproveitou a boleia, uma vez que viviam próximos, em Nogueira de Alcofra, no concelho de Vouzela.
 
 
Fonte: Correio da Manhã