03 outubro 2014

Bombeiros do Algarve Lançam Campanha Salva-Vidas

A Federação dos Bombeiros do Algarve vai apresentar, no próximo dia 4 de outubro, pelas 15h, na Câmara Municipal de Lagos, a campanha “MAIS Coração, MAIS Vida”, uma iniciativa que pretende sensibilizar toda a população algarvia para a necessidade de dar uma resposta rápida, eficaz e eficiente perante situações de paragem cardiorrespiratória ou doença cardíaca súbita.

“Esta campanha pretende melhorar a qualidade da assistência pré-hospitalar no Algarve, salvando assim mais vidas e reforçando a imagem externa desta região como destino seguro através da implementação de serviços de emergência modernos e eficazes, ao nível do que de melhor se faz no mundo”, afirma Paulo Morgado, presidente da Federação dos Bombeiros do Algarve.

“Queremos envolver progressivamente toda a comunidade, as entidades públicas e outras com intervenção na área do socorro pré-hospitalar, desenvolvendo um conjunto de iniciativas relacionadas com a formação de cidadãos e um melhor apetrechamento dos meios de socorro com equipamentos de desfibrilhação automática e de massagem cardíaca”, acrescenta.

A implementação da campanha “MAIS Coração, MAIS Vida” envolve a realização de ações de formação sobre suporte básico de vida e massagem cardíaca, bem como o aumento do número de desfibrilhadores automáticos externos e dispositivos de massagem cardíaca automática nos meios de socorro pré-hospitalares da região algarvia.

Nesta mesma sessão de apresentação da campanha, onde estarão presentes representantes da Câmara Municipal de Lagos e das várias Associações e Corpos de Bombeiros da região do Algarve, irá também ser apresentado um novo equipamento médico pioneiro que proporciona compressões torácicas substituindo a convencional massagem manual.

Este novo dispositivo permite uma massagem cardíaca de alta qualidade, apresentando uma melhoria significativa da qualidade das compressões em relação à massagem manual, quer seja durante a reanimação ou aquando do transporte em ambulância ou em helicóptero. A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagos será a primeira entidade a disponibilizar o equipamento no país, a partir do dia 4 de outubro.
 
 
Fonte: Local.pt