12 setembro 2014

POLÍCIA JUDICIÁRIA DETEVE SUSPEITO DE INCÊNDIO FLORESTAL


Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, 12 de setembro de 2014

Polícia Judiciária deteve suspeito de incêndio florestal





Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado um incêndio na localidade da Granja, em Vila Pouca de Aguiar, que consumiu cerca 0,1 ha de mato. 

O incêndio, ocorrido no dia 11 de agosto de 2014, cerca das 09H20, colocou em perigo uma vasta mancha florestal, que apenas não foi consumida devido à rápida intervenção dos bombeiros. 

O detido, com 51 anos de idade, trabalhador agrícola, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas. 

No corrente ano a Polícia Judiciária procedeu já à identificação e detenção de 43 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.