22 setembro 2014

Bombeiros registaram em Lisboa 121 ocorrências entre as 14 e as 16 horas



O Regimento Sapadores de Lisboa (RSL) registou 121 ocorrências entre as 14:00 e as 16:00, devido às inundações que ocorreram na cidade de Lisboa, disse à agência Lusa fonte da corporação.


"Há o registo no dia de hoje de 156 ocorrências, 121 das quais relativas a inundações que aconteceram na cidade de Lisboa a partir das 14:00, hora a que se verificou o maior pico de chuva", adiantou.

 

Segundo a mesma fonte, foram mobilizados para o terreno todos os elementos e equipas dos sapadores, acrescentando que o regimento, cerca das 16:10, continuava a ter "muitas chamadas telefónicas em espera".

Uma das zonas mais afetadas pelo mau tempo é a baixa de Lisboa, com várias ruas completamente submersas de água.

A chuva intensa obrigou ao desvio do trânsito na Praça dos Restauradores, em Lisboa, devido às inundações registadas na zona da baixa, principalmente no Rossio.

A chuva forte que se abateu sobre a capital ao início da tarde provocou ainda condicionamentos em várias zonas de Lisboa, como Calçada de Carriche, Sete Rios, Rossio, Calvário e Praça de Espanha, segundo o último balanço da PSP.

Às 15:30, fonte da PSP disse à agência Lusa que a situação pode normalizar "em breve" se a chuva não continuar.

A mesma fonte policial indicou que a circulação está também a ser feita com dificuldade no Largo das Fontainhas, em Alcântara, Praça de Espanha e Calçada de Carriche devido a "lençóis de água".

No eixo Norte-Sul, a PSP reportou haver, também, dificuldades de circulação devido à chuva.

Entretanto, a estação do Jardim Zoológico do Metropolitano de Lisboa já está a funcionar e a circulação naquela linha (azul) está normalizada desde as 15:45, disse à agência Lusa fonte da empresa.

A linha azul do metro esteve com perturbações na circulação desde as 14:18 devido a uma inundação causada pela forte chuva que atingiu a zona.

Fonte: DN