03 setembro 2014

Alerta no Continente para "agravamento do perigo de incêndio florestal" até amanhã

No Continente, a Proteção Civil alertou hoje para "o agravamento do perigo de incêndio florestal" e determinou "o prolongamento do nível de prontidão" dos meios de combate em quatro distritos do interior, até às 20:00 de amanhã.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alerta para "índices de risco de incêndio com níveis muito elevados a extremos, nas regiões do norte e do centro", persistindo esta situação, na quarta-feira, nas regiões do interior centro, devido à continuação do tempo quente.

Face às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a ANPC determinou o prolongamento do nível de prontidão do Sistema Integrado de Operações de Socorro (SIOPS), no quadro do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), para os distritos de Bragança, Castelo Branco, Guarda, Vila Real e Viseu, entre as 20:00 de hoje as 20:00 de quarta-feira.

O IPMA prevê para a madrugada de quarta-feira, nas regiões do interior norte e centro, uma temperatura mínima com valores elevados, entre os 20 e os 24 graus.

Para quarta-feira, o IPMA indica que as temperaturas podem chegar aos 32 graus nas regiões do interior e do sotavento algarvio.

Nesse sentido, a ANPC recomenda a adoção dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução.

Segundo a ANPC, é proibido realizar queimadas ou outras fogueiras ou lançar balões com mecha acesa ou qualquer tipo de foguetes, assim como fumar em espaços florestais.

Fonte: DNotícias.pt