02 agosto 2014

São João da Madeira. Mulher pegou fogo a casa para vingar-se do inquilino

A PJ do Porto identificou uma mulher de 46 anos como tendo sido a presumível autora de um incêndio urbano, ocorrido em S. João da Madeira, a 15 de julho.

"A detida, motivada por vontade de vingança, face a desavenças com o inquilino da residência, terá ateado fogo à mesma, em dois locais distintos, supostamente com recurso a isqueiro", refere um comunicado.

A habitação é pertença dos Serviços Sociais da PSP e insere-se num prédio multifamiliar, "tendo o incêndio representado perigo real para as habitações contíguas, não sobrevindo propagação do mesmo somente pela pronta intervenção dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira".

Fonte: Notícias de Aveiro