26 agosto 2014

Incêndios consumiram 637 hectares no distrito de Beja


Entre 1 de Janeiro e 15 de Agosto arderam no distrito de Beja 637 hectares (555 de povoamentos e 82 de matos). 

Em todo o país houve 5 mil 161 ocorrências e arderam 8 mil 645 hectares de floresta.

Os dados são do relatório provisório de incêndios florestais do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). 

No distrito de Beja foram contabilizados 22 incêndios florestais e 14 fogachos fogachos (fogos com área ardida inferior a 1 hectare). No total foram registadas 36 ocorrências.

Da análise por distrito, o ICNF realça que com o maior número de ocorrências surge o Porto (993), seguido de Lisboa (571). Beja é o distrito com menos número de ocorrências, mas o 5º com maior área ardida a nível nacional.

Entre os incêndios com área ardida igual ou superior a 100 hectares, entre 1 de Janeiro e 15 de Agosto, está o incêndio em Santo Agostinho, no concelho de Moura, onde as chamas consumiram 257 hectares. 

Segundo a mesma fonte, comparando os valores do ano de 2014 com o histórico dos últimos 10 anos, destaca-se que se registaram menos 61% de ocorrências relativamente à média verificada no decénio 2004-2013 e que ardeu menos 87% do que o valor médio de área ardida nesse período. O ano de 2014 é, até 15 de agosto, o terceiro melhor ano desde 2004 em termos de área ardida.

Fonte: Rádio PAX