25 agosto 2014

Chamas fora de controlo na Pampilhosa. Reforço de meios activado

Várias aldeias estão na rota das chamas. No terreno estão mais de 460 operacionais.



Bombeiros de Lisboa, Porto e Guarda foram chamados para reforçar o dispositivo que está a combater um incêndio de grandes dimensões em Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra.

Perante a dificuldade em combater as chamas as autoridades decidiram activar um grupo de reforço.


Estes bombeiros vão juntar-se aos 462 operacionais, apoiados por 130 veículos, que se encontravam no terreno pelas 22h50 desta segunda-feira.

Apesar do cair da noite e consequente descida da temperatura, o fogo continua incontrolável na Pampilhosa da Serra.

O vento que sopra com intensidade tem levando o fogo pelos montes e vales da Serra do Açor.

Várias aldeias serranas estão na rota das chamas. Os meios estão a ser posicionados junto às povoações para proteger pessoas e bens.

O incêndio teve início pelas 14h00. Uma das aldeias ameaças foi Foz do Ribeiro, que teve de ser temporariamente evacuada.

Pelas 23h00 desta segunda-feira, continuava activo outro fogo em Nisa, no distrito de Portalegre. No terreno estão 242 bombeiros e 69 veículos.

Fonte: RR