01 agosto 2014

Bombeiro de Miranda do Douro ferido a 16 de julho evolui favoravelmente


No mesmo incêndio ficaram feridos três homens e uma mulher, com idades entre os 19 e os 32 anos. 

O estado de saúde do bombeiro de 32 anos de Miranda do Douro que sofreu queimaduras graves no combate às chamas "evoluiu favoravelmente" nas últimas horas, pelo que o ferido está já a respirar "de forma espontânea". Segundo Luís Pedro Martins, do Gabinete de Comunicação do Hospital da Prelada, no Porto, "o bombeiro encontra-se já em respiração espontânea, tendo sido retirado o apoio mecânico de respiração". "No que respeita às queimaduras, os ferimentos estão e evoluir favoravelmente ", acrescentou. Quando deu entrada no Hospital da Prelada há 17 dias, o bombeiro apresentava queimaduras de segundo e terceiro graus em cerca de 50% do corpo.

Fonte: CM