02 julho 2014

Bombeiros de Matosinhos alertam para falta de apoio da autarquia

A nota surgiu depois da Assembleia Municipal da noite de segunda-feira, durante a qual dizem os bombeiros que "Guilherme Pinto, presidente do executivo, declinou a responsabilidade de Matosinhos ser o segundo concelho mais perigoso do país". 

Os bombeiros de Matosinhos alertaram esta quarta-feira para os problemas de segurança e socorro no concelho gerados pela falta de apoio da autarquia que responde estar a estudar a melhor forma de evoluir o seu dispositivo de intervenção. "Os Corpos de Bombeiros de Matosinhos alertam as populações que a proteção e socorro corre sérios riscos por falta de diálogo e financiamento da Câmara Municipal", refere comunicado divulgado pelos bombeiros de São Mamede de Infesta, Matosinhos-Leça, Leixões e Leça do Balio.

Fonte: CM