17 julho 2014

Bombeiro ferido em Macedo de Cavaleiros com "prognóstico reservado"


O bombeiro de 32 anos, de Miranda do Douro, tem queimaduras de segundo e terceiro graus em cerca de 50% do corpo. 

O bombeiro que sofreu queimaduras na quarta-feira num incêndio nos Cortiços, Macedo de Cavaleiros, e foi considerado o ferido mais grave apresenta um quadro clínico de "pronóstico reservado", disse esta quinta-feira à Lusa fonte do Hospital da Prelada, no Porto. A mesma fonte acrescentou que "o doente está com ventilação mecânica, estável, mas com prognóstico reservado". No incêndio ficaram feridos três homens e uma mulher, com idades entre os 19 e os 32 anos.

Fonte: CM