01 junho 2014

Dia do Bombeiro: Voluntários mortos homenageados este domingo

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) vai homenagear os oito bombeiros mortos no combate aos incêndios florestais em 2013



A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) entrega aos familiares dos oito bombeiros mortos nos incêndios do ano passado o crachá de ouro a título póstumo, na cerimónia comemorativa do Dia do Bombeiro Português, que vai decorrer no Barreiro, presidida pelo ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.

Os bombeiros que morreram no ano passado pertenciam aos corpos dos bombeiros voluntários de Miranda do Douro (dois), Covilhã, Alcabideche, Estoril, Carregal do Sal (dois) e Valença. Nas comemorações do Dia do Bombeiro Português é também entregue o prémio bombeiro de mérito de 2013 aos bombeiros Fernando Oliveira e Carla Neto, dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos.

O dispositivo de combate a incêndios florestais vai ser reforçado este ano com mais 250 bombeiros e quatro meios aéreos, em relação ao ano passado, e terá um custo de 85 milhões de euros. A época mais crítica em incêndios florestais, que vai decorrer entre 01 de Julho e 30 de Setembro, vai contar com 2.220 equipas das diferentes forças envolvidas, 9.697 elementos, 2.027 veículos e 49 meios aéreos.


Também a apólice dos seguros que cobrem a actividade dos bombeiros vai ser reforçada este verão, com aumentos de 11 por cento das indemnizações em caso de morte ou invalidez e 400 por cento em tratamentos. Desde o final do verão passado, e devido às graves consequências dos incêndios florestais de 2013, que a LBP vinha exigindo a alteração dos montantes a pagar em caso de morte, invalidez permanente e tratamentos hospitalares.


No âmbito das celebrações de hoje do Dia do Bombeiro, o ministro Miguel Macedo preside à entrega de novos rádios SIRESP -- Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança aos bombeiros dos distritos de Lisboa e Setúbal, num total de 81 corporações. Serão distribuídos 486 rádios, seguindo-se a entrega de 476 rádios SIRESP, na sessão planeada para os Corpos de Bombeiros do Agrupamento Distrital do Sul, segundo informação do ministério. Com a entrega dos novos equipamentos, o ministério afirma que haverá um total nacional de 6.244 rádios SIRESP, um sistema destinado a dotar as forças e serviços de segurança, emergência, protecção civil e socorro, de uma rede única de comunicações.

Fonte: Público