02 maio 2014

Mulher colhida pelo metro em Vila do Conde

Uma mulher de 42 anos foi, esta quarta-feira, colhida pelo metro entre as estações de Portas Fronhas e S. Brás, em Vila do Conde. A mulher, residente na Póvoa de Varzim, acabou por sofrer apenas um traumatismo numa perna, mas, devido ao acidente, a circulação esteve cortada durante mais de meia hora.


A mulher, explicou ao JN o comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde, Joaquim Moreira, seguia pela linha, "numa zona entre paragens, ladeada por campos agrícolas, com pouca iluminação", quando foi colhida pela composição que seguia no sentido Porto-Póvoa de Varzim.

A mulher ficou "completamente debaixo do metro", mas acabou por ser retirada pelos bombeiros apenas com ferimentos numa perna. A circulação do metro na Linha Vermelha esteve cortada entre as 21.08 horas e as 21.50 horas.

Fonte: JN