13 maio 2014

Monção: Bombeiros em greve por causa de salários em atraso

Bombeiros só asseguram o INEM e serviço de hemodialisadosA
Os Bombeiros de Monção deixam de assegurar os serviços de socorro no município, a partir do meio-dia desta terça-feira.

A tomada de posição, decidida em reunião geral de bombeiros, domingo à noite, surge na sequência do diferendo entre a Direção demissionária e o Comando da corporação, e ocorre numa altura em que permanecem por pagar os ordenados relativos ao mês de abril dos 24 assalariados da associação.

Em comunicado, os bombeiros referem que será assegurado apenas o serviço de INEM e o transporte de hemodialisados, devendo o socorro ao concelho "ser garantido pela Proteção Civil municipal e pelo Centro Distrital de Operações de Socorro".

Acrescentam os bombeiros que a Direção demitiu-se a 30 de abril e que, "apesar de continuar em funções de gestão corrente, não pagou, até à data, os salários a que os bombeiros têm direito nem teve a delicadeza de justificar o porquê de não o ter feito".


Fonte: JN