19 maio 2014

"Em Marcha" - Joaquim Marinho Apresentou Oficialmente a Candidatura à Presidência do CE da LBP

Perante mais de uma centena de apoiantes de todo o país, numa sala dos BV de Torres Vedras, apresentei a minha candidatura à presidência do Conselho Executivo da LBP.

Foi disso que se tratou.

Da apresentação de uma candidatura e dos seus objectivos estratégicos, e não da equipa e do programa.

Perante apoiantes, que enchiam a sala, e me animaram com a presença, comprometi-me  a trazer para a Liga uma gestão de perfil proactivo, com uma Liga capaz de liderar as iniciativas, propostas e processos, uma liderança de perfil inclusivo, com um discurso de abertura, de concertação e de envolvimento e uma disponibilidade para uma cooperação institucional, com todos, sem submissões nem seguidismos.

A EQUIPA será constituída segundo os critérios da funcionalidade,incorporando saberes e competências,da disponibilidade, com tempo para um trabalho empenhado e persistente,da sensibilidade para os problemas, e da representatividade do todo nacional.

Uma EQUIPA que vai combinar aexperiência nos Órgãos da Confederação com o conhecimento da realidade vivida nas Associações e Corpos de Bombeiros. 

UMA EQUIPA QUE SE VAI FORMAR, seguramente, POR CONVICÇÃO, E NÃO POR QUALQUER OUTRA RAZÃO.

Uma equipa capaz de executar umPROGRAMA, que investe em áreasestruturantes e faz rupturas com modelos, métodos e práticas semfomentar fracturas com a matriz e os valores fundadores da Confederação, que são o farol e são sagrados,

Um PROGRAMA nacional, com uma visão integrada, e abrangente, de todas as AHBVs/CBs do País, Continente e Regiões Autónomas, independentemente da sua matriz.

Um PROGRAMA que se obriga a colocar o BOMBEIRO no centro das suas preocupações e na primeira das suas prioridades porque é oBOMBEIRO a razão de ser das nossas estruturas.

Um PROGRAMA, que apoia asFederações, como entidades de perfil activo e interventivo no desenho e no acompanhamento das políticas do sector e valorizadoras das dinâmicas locais e que reforça a aproximação e a cooperação com os bombeiros das Regiões Autónomas, corrigindo, desse modo, as perversidades derivadas da descontinuidade territorial.

Perante os meus  apoiantes apresentei  os 5 OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS, quehaverão de inspirar as medidas programáticas, que apresentarei a seu tempo:

1  FINANCIAMENTO E SUSTENTABILDADE DAS ENTIDADES DETENTORAS DE CBs;

2   ESTRUTURA OPERACIONAL PRÓPRIA;

3   INCENTIVO AO VOLUNTARIADO;

4   REGIME ESPECÍFICO CONTRATOS DE TRABALHO PARA ASSALARIADOS DAS AHB;

5   REVISÃO ESTATUTÁRIA DA LBP.

Tive oportunidade de referir as palavras-chave que caracterizam, e acompanham, a candidatura, e das quais não me desviarei, nem hipotecarei, em circunstância alguma.

FUTURO -só interessa falar do futuro e da esperança que ele traz, agarrá-lo é urgente;

IDEIAS – é à volta delas que se deve debater e esclarecer, e só vai falar delas;

IDENTIDADE – dos BOMBEIROS, naturalmente, o centro das preocupações, sendo urgente recuperá-la.

Considerando que o esclarecimento é essencial em qualquer processo eleitoral, propus  a realização de umdebate entre os candidatos, como única forma de clarificar ideias e projectos, disponibilizando-me, totalmente, para a sua realização muito próxima.

A terminar, referi que, sendo eleito, tudo farei  para APROXIMAR,JUNTAR, UNIR, AGREGAR, INCLUIR.

Foi um discurso novo para os novos tempos.

O período de debate que se prolongou por mais de 3 horas foi esclarecedor sobre as angústias e as expectativas dos responsáveis dos bombeiros e proporcionou momentos de debate acalorado.

No final, anunciei os candidatos à presidência dos órgãos: Duarte Caldeira – Mesa dos Congressos,Carlos Batista – Conselho Fiscal eAzuil Carneiro – Conselho Jurisdicional. 

Amigos e companheiros de percurso, que foram convidados pela sua competência, experiência e referência, que são, e que  me deram a honra de com eles poder contar numa lista renovada, profundamente renovada.Saí da reunião, motivado. mobilizado e comprometido.

E agora, em marcha, que se faz tarde.


Joaquim Rebelo Marinho
O Zingarelho