18 maio 2014

Buscas para encontrar pescador arrastado para o mar no Algarve retomadas no sábado

As operações de busca para encontrar o pescador que caiu hoje ao mar, arrastado pelos cabos de arte de pesca, ao largo do Algarve foram suspensas às 20:00 e serão retomadas ao início da manhã, disse fonte da Polícia Marítima.

As operações para encontrar o homem, de 55 anos, iniciaram-se pela manhã, depois de as autoridades marítimas terem recebido um pedido de socorro, às 07:49, quando os colegas do pescador desaparecido o tentavam encontrar para retirá-lo da água, segundo as primeiras informações avançadas pela Polícia Marítima.

O homem ficou preso nos cabos da arte de pesca e foi arrastado para o mar.

Os colegas ainda terão içado a arte de novo para a embarcação, na esperança de que o pescador ainda estivesse preso aos cabos, mas o homem já se tinha soltado e não o encontraram, ainda segundo a Polícia Marítima.

“Amanhã [sábado], durante o dia, as buscas vão ser realizadas com um navio ou uma lancha em permanência na zona do acidente e com patrulhas apeadas e com recurso a moto quatro, na costa”, disse à agência Lusa fonte da Polícia Marítima, após a suspensão das operações.

A mesma fonte disse previamente que, passadas duas horas do início das operações de busca, feitas com um navio e uma lancha da Polícia Marítima, uma lancha salva-vidas e um helicóptero, foi encontrada uma peça de roupa do pescador, a cerca de três milhas a oeste do local da ocorrência, localizado cinco milhas a sul da praia do Ancão, no concelho de Loulé.


Fonte: DiáriOnline