06 maio 2014

Área ardida em Viseu até abril é cinco vezes maior do que em 2013

De acordo com a GNR, até dia 30 de abril ocorreram 126 incêndios no distrito de Viseu, mais 36 do que igual período de 2013.

"Dos incêndios ocorridos, 71 por cento foram fogachos, incêndios com menos de um hectare ardido. Quanto à área ardida, a estimativa aponta para valores acima de 60 hectares, cinco vezes mais do que no ano de 2013", acrescentou.

Quanto às causas principais dos incêndios ocorridos nos primeiros meses do ano "são de origem humana e negligentes".

Em comunicado, a GNR aponta ainda que até 30 de abril foram identificados 15 pessoas como autores de incêndios por negligência, tendo sido elaborados os respetivos autos de notícia para o tribunal competente.

Viseu foi o concelho com mais ignições, totalizando 23, seguindo-se Castro Daire com 15 e Cinfães com 10.

Tarouca, Nelas, Mortágua, Penedono e Penalva do Castelo estão entre os concelhos do distrito com menos incêndios, registando apenas um cada.

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Viseu, através das suas equipas do Núcleo de Proteção Ambiental (SEPNA) e das Equipas do GIPS, estão a realizar desde 18 de fevereiro e até 15 de maio, semanalmente, a Operação "Floresta Protegida 2014".

No distrito, foram já realizadas 120 ações nas freguesias com mais incêndios. Nestas ações, as equipas sensibilizaram as populações para a necessidade de realizarem a limpeza junto às habitações e alertam ainda para os procedimentos e cuidados a ter na realização das queimas e queimadas.

Até ao dia 17 de maio, vão ainda ser realizadas 13 ações no distrito de Viseu.


Fonte: Notícias ao Minuto