13 maio 2014

ANPC Acciona Operação “Fátima 2014”

Com as celebrações religiosas em torno do dia 13 de maio, milhares de peregrinos deslocam-se ao Santuário de Fátima. 

Neste contexto, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), através do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, planeou e acionou a operação “Fátima 2014”, que visa garantir a assistência e o socorro, bem como a articulação entre agentes de proteção civil, na área envolvente ao Santuário de Fátima. 

Esta medida operacional, executada no âmbito do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), envolve os Corpos de Bombeiros do distrito de Santarém, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Ourém, a Força Especial Bombeiros (FEB) da ANPC, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), o Corpo Nacional de Escutas (CNE), entre outras entidades públicas e privadas, num total de 13 entidades.

Junto ao recinto do Santuário, a ANPC assegura, no âmbito do SIOPS, o comando operacional das forças e entidades integrantes deste dispositivo, com instalação de um Posto de Comando Operacional Conjunto, fazendo deslocar meios do Centro Tático de Comando (CETAC), uma estrutura vocacionada para a gestão e coordenação de eventos e ocorrências de elevada complexidade, longa duração ou grande dimensão, proporcionando a adequada capacidade de Comando, Controlo e Comunicações.

Nesta operação, estão envolvidos, 14 elementos da estrutura operacional e área técnica da ANPC, para além dos 24 elementos da Força Especial de Bombeiros, 134 bombeiros pertencentes a Associações Humanitárias do distrito, apoiados por 65 viaturas, 33 elementos INEM, com 1 hospital de campanha e 2 VMER, 33 elementos da Cruz Vermelha Portuguesa e 13 elementos dos Escuteiros.


ANPC