03 abril 2014

Rui Gomes deixa Comando dos Bombeiros Voluntários de Cete

Rui Gomes vai deixar de ser comandante dos Bombeiros Voluntários de Cete. 

A decisão foi tomada no dia 18 deste mês, altura em que José Luís Ribeiro assumiu o comando da corporação em regime de substituição. 

Ao VERDADEIRO OLHAR, a direcção refere que foi o próprio comando que apresentou a demissão por falta de disponibilidade, mas contactado para explicar as razões da sua saída após 14 anos na liderança dos Bombeiros Voluntários de Cete, Rui Gomes adiou para mais tarde qualquer comentário à sua saída.

Rui Gomes tornou-se bombeiro em 1980. Sempre ligado à corporação de Cete, em Paredes, Rui Gomes foi subindo na hierarquia até ser nomeado adjunto de comando. Neste posto esteve cerca de cinco anos, nos finais dos quais foi escolhido para ser o líder da corporação responsável pelo sul do concelho de Paredes.

Era comandante há 14 anos, mas vai, agora, abandonar o posto. A novidade foi transmitida aos bombeiros através de um ofício e apanhou quase todos os soldados da paz de surpresa. O VERDADEIRO OLHAR tentou obter um esclarecimento do próprio Rui Gomes, mas o comandante não quis, para já, comentar este assunto.

A saída do comandante acontece cerca de três meses depois da tomada de posse da nova direcção, agora liderada por Paulo Ferreira, tesoureiro do anterior elenco directivo. "Os três elementos do comando colocaram o lugar disposição e nós aceitámos", explica Paulo Ferreira. O líder da direcção acrescenta que o comandante e o adjunto de comando alegaram, fruto da sua actividade profissional, pouca disponibilidade para continuarem nos cargos. "Já o 2º comandante é funcionário da instituição e decidimos que ficaria como comandante em regime de substituição", afirma.

Paulo Ferreira não sabe se a solução definitiva passará por José Luís Ribeiro, que está a comandar a corporação desde o dia 18. "O tempo o dirá", conclui.


fonte: Verdadeiro Olhar