10 abril 2014

Profissionais de saúde cometem um terço dos atos de violência contra colegas


Um terço dos casos de violência contra profissionais de saúde registado no ano passado em Portugal foi cometido por colegas, nomeadamente nas consultas externas, segundo um relatório da Direção-geral da Saúde (DGS) divulgado esta quinta-feira. Os dados de 2013 indicam que do total de notificações de episódios de violência notificados online no site da DGS, 69 foram realizados por profissionais de saúde da instituição contra os próprios colegas. Ainda assim, a maioria dos agressores nos 202 casos registados é composta por doentes, enquanto os familiares dos utentes surgem em último lugar, com 33 agressões.

Fonte: CM