06 abril 2014

MAI considera simulacro em Oliveira de Azeméis exemplo de "formação essencial"


Exercício envolveu 50 veículos, 195 operacionais e uma ambulância do INEM. 

As 25 corporações de bombeiros do distrito de Aveiro participaram este sábado em Oliveira de Azeméis num simulacro de Fase 3, que, testando procedimentos para a próxima época de incêndios, foi descrito pelo ministro da tutela como "formação essencial". Miguel Macedo acompanhou parte dos procedimentos do exercício, que envolveu 50 veículos, 195 operacionais e uma ambulância do INEM com suporte imediato de vida, e declarou que, para o Ministério da Administração Interna, esse tipo de exercício representa "uma das prioridades a fazer cada vez com mais rotina no país". Paulo Vitória esteve no comando das operações de socorro relativas ao simulacro e realçou que esse foi o primeiro envolvendo uma ambulância do INEM, cujo envolvimento no plano de socorro se impunha testar antes da próxima época de combate a fogos.

Fonte: CM