14 março 2014

Vagos: Protocolo com a Câmara foi “ponto de viragem”

Actual presidente dos Bombeiros, que hoje cessa funções, faz balanço de 15 anos neste “serviço” à população

Assinado a 25 de Abril de 2003, o protocolo de cooperação com a Câmara de Vagos terá sido o “ponto de viragem”, nas relações institucionais, entre os bombeiros e a autarquia.

A constatação é de Ricardo Fernandes, actual presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários (BV), que hoje cessa funções, após quinze anos de “bem servir”, dois dos quais como comandante.

Segundo aquele dirigente, que assinou, no decorrer de uma cerimónia pública, o documento com o então presidente da edilidade vaguense, Rui Cruz, tratou-se de uma “boa parceria” entre ambas as partes. Uma “inovação” para a época, reconheceu Ricardo Fernandes, que na altura chegou a fornecer cópia do protocolo a diversas associações sedeadas no distrito, que por sua vez o facultaram a outras congéneres, fora de Aveiro.



fonte: Diário de Aveiro