05 março 2014

Turistas franceses perdem-se em falésia

Equipa de salvamento dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo está a proceder à operação de resgate das vítimas, que estão numa falésia.



Dois turistas de nacionalidade francesa, um deles de 66 anos, encontram-se numa falésia a uma altura de cerca de 30 metros do mar em zona perigosa, entre as praias da Cordoama e do Castelejo, no concelho de Vila do Bispo.

No socorro às vítimas está envolvida a equipa de salvamento em grande ângulo dos Bombeiros Voluntários daquela área da costa vicentina. No local, encontram-se também uma patrulha da Polícia Marítima e várias viaturas de apoio médico.

"Recebemos um telefonema por volta das 12.00 horas de alguém, que ao avistar destroços numa falésia nos alertou para a queda de uma viatura numa falésia, o que, afinal, não se confirmou. Em seguida, apurámos que se tratava de dois turistas franceses, os quais ao descerem na zona com um grupo de caminhantes, não conseguiram, depois, subir até ao cimo da falésia, tendo ficado retidos a uma altura de cerca de trinta metros da linha de água quando um deles foi tentar ajudar o outro. Ambos estão conscientes e tranquilos, pelas informações que entretanto nos vão chegando", disse ao DN o comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo, Joel Ramos.

A equipa de salvamento em grande ângulo daquela corporação, com um total de oito elementos, está a efetuar uma descida numa falésia a uma altura de 120 metros entre as zonas das praias da Cordoama e do Castelo, para conseguir chegar até junto dos dois turistas. Posteriormente, é que será tomada uma decisão quanto à forma de resgate. "Em princípio, iremos fazê-los descer até junto do mar para ficarem mais perto das praias. Só se verificarmos que não existem condições de segurança nesse sentido é que faremos o resgate para o cimo da falésia", acrescentou o comandante.

Fonte: DN