12 março 2014

Quase 4 mil bombeiros vão ter formação em segurança na frente de fogo e comportamento dos incêndios

A dois meses do início da época crítica de incêndios florestais foi anunciado que os bombeiros vão ter mais de 1200 horas de formação até ao final do ano, incluindo todas as áreas de missão. 

A Escola Nacional de Bombeiros destaca a formação em segurança na frente de fogo e comportamento dos incêndios.

Quase 4 mil bombeiros vão participar em 244 ações formativas até ao final do mês de junho. Uma das novidades é que o fator meteorológico passa a fazer parte dos conteúdos de formação. 

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, admite que é preciso investir mais na formação.


fonte: Patrícia Cerdeira / RTP