07 março 2014

Gondomar-Prevenção de Incêndios vai Custar Dez Mil Euros

O plano de acção de defesa da floresta contra incêndios e gestão de espaços florestais para 2014-aprovado ontem por unanimidade pelo executivo da Câmara de Gondomar, inclui tres alterações relevantes:

A Polícia Municipal e os serviços do Ambiente da Autarquia passam a participar no plano, os meios serão reforçados, e já este mês haverá uma reunião da comissão municipal de defesa da floresta, com vista à prevenção do risco de incêndios florestais.

Com tudo isto, o presidente da Câmara, Marco Martins, espera conseguir evitar cenários, como o que aconteceu em 2013, no incêndio que deflagrou em Foz do Sousa e Covelo, onde "devido ao corte de estradas, os meios não puderam passar".

A aplicação do plano, que custará à Câmara de Gondomar dez mil euros, prevê, entre outras situações, piquetes de 24 horas sempre que haja alertas amarelo, laranja e vermelho. Do mesmo modo, o documento prevê que as acções de vigilância e detecção de incêndios se iniciem a 1 de Junho e terminem a 30 de Setembro, contando para isso com a "candidatura ao programa contrato emprego-inserção para recrutamento de 10 elementos com o objectivo de ocuparem o lugar de vigilante".

De referir ainda que os proprietários de zonas florestais serão chamados a fazer "silvicultura preventiva" nos seus terrenos. 


Fonte: JN