12 março 2014

A Pouca Vergonha Continua, Será que é Isto que Merecemos?

Bastaram cinco dias de sol, para que começassem a aparecer de novo os incêndios, ou melhor, as queimadas descontroladas, sim porque não me convenço que o numero de incêndios ocorridos nos últimos dias tenham sido provocados por mão criminosa, mas sim por descuido e desmazelo de proprietários que ao fazer as suas queimadas, perderam o controlo das mesmas.

Dou por mim a pensar, no que irá ser de nós no verão, porque se em pleno inverno já é isto que se vê, imagino o que vai ser nos dias de muito calor.

A época florestal “está à porta” e nada de novo foi feito, tudo continua na mesma, os bombeiros com os mesmos equipamentos, as viaturas basicamente no mesmo estado e os nossos governantes vão esfregando as mãos enquanto vão sendo passadas milhares de licenças para queimadas.

Ainda ontem, desloquei-me à junta da minha freguesia para tratar de documentos e qual o meu espanto, quando em pouco mais de 30 minutos foram passadas seis licenças para efectuar queimadas, mas até aqui tudo bem porque elas tem que ser feitas, mas o que mais me intrigou ainda, foi o que a funcionaria da junta disse a todas aquelas pessoas:

“são 3,01€, e não se esqueça que tem que queimar pouco de cada vez, mas se por ventura alguma coisa correr mal, ligue logo para os bombeiros para eles irem apagar”.

É pá, eu estava à civil e não sei como me consegui conter, mas muito honestamente só me apeteceu dizer umas verdades àquela Sra. mas achei melhor conter-me, porque acima de tudo tenho respeito pela farda que visto todos os dias, e dei ao desprezo.

Isto só demonstra o valor que temos para os nossos governantes, somos carne para canhão, tanto vale ser no poder central como no poder local, não passamos de meros peões no meio de jogos de interesses, em que todos ficam a ganhar, menos os que mais trabalham e perdem a vida por meros pinheiros. Até parece que é este o valor que valemos, 3,01€.

A pouca vergonha continua, será que é isto que merecemos??? 

Não quero com isto incendiar nada nem ninguém, mas custa muito vermos à nossa frente aquilo a que eu chamo de “chulice”, o proprietário paga os 3 euros, queima o que quer e se precisar, os bombeiros vão e apagam.

É revoltante ver estas coisas, para não dizer outra palavra mais feia, mas a realidade é esta, não valemos nada, não passamos de estatística, continuamos a ser carne para canhão, mas ainda me revolta mais, o não fazermos nada para mudar isto, está na hora dos Bombeiros de Portugal se unirem e dizerem “Basta, Chega, queremos ser tratados com dignidade e igualdade”.

Se fosse a dizer tudo o que sinto neste momento, provavelmente teria uma carga de problemas em cima dos ombros, então como tal só consigo dizer;

“Vão brincar com o c.....o”


   José Filipe
Vida de Bombeiro