28 fevereiro 2014

Segurança foi à escola no dia em que a agulheta virou “rainha”


Os 53 alunos da Escola Básica do 1.º Ciclo do Corticeiro de Cima conheceram, ontem, no âmbito da Semana da Protecção Civil, a actividade dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede

Há uns mais atentos do que outros, mas, na hora de passar da teoria à prática, poucos são os que se desprendem da vontade de entrar no topo da fila. 

Pegar na agulheta ligada à mangueira do carro dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede mobilizou a criançada, que não resistiu a fazer barulho, recorrendo, para tal, também, à sirene instalada na viatura.

Em tempo de Carnaval, pode-se dizer, sem receio, que a agulheta e a sirene viraram “rainhas”.


fonte: Diário de Coimbra