05 fevereiro 2014

Liga dos Bombeiros Quer Lei de Financiamento das Corporações

Para o responsável da LBP, deve ainda haver uma taxa municipal efetiva da proteção civil para ajudar a "minorar" as dificuldades das finanças dos corpos dos bombeiros.

O responsável informou ainda estarem já pagas as despesas extraordinárias com os fogos florestais.

Aos deputados, o dirigente da liga defendeu que devem ser criadas condições a montante para evitar os fogos florestais, incluindo a "floresta limpa, permanentemente bem cuidada" e a elaboração do cadastro da propriedade florestal.

Marta Soares comentou que o sistema de comunicação entre as várias forças, o SIRESP, "não esteve na origem" da morte de uma bombeira o verão, mas assumiu ser necessário "haver melhor cobertura" e ser resolvida a questão das baterias que alimentam as antenas.

"O SIRESP pode ser uma excelente ferramenta", notou.

As audições de hoje das várias associações de bombeiros neste grupo de trabalho foram atrasadas esta manhã cerca de meia hora por necessidade de definir os seus moldes com os intervenientes. As três audições acabaram por ser individuais e no caso do presidente da liga os deputados não colocaram nenhuma questão.

Fonte: ionline.pt