28 fevereiro 2014

Duarte Caldeira: Limpar o Mato...

No passado sábado a ministra da Agricultura Assunção Cristas e o cantor Tony Carreira participaram numa acção de sensibilização para a necessidade de se defender a floresta dos incêndios. Esta acção decorreu na localidade de Fajão, no município de Pampilhosa da Serra.

Fardados a rigor e armados com uma roçadeira mecânica, quais sapadores florestais, a ministra e o cantor – natural daquele concelho do interior do distrito de Coimbra – roçaram algumas silvas e, deste modo, passaram a mensagem sobre a importância da prevenção, no combate ao flagelo dos incêndios florestais.

Esta acção não pode deixar de ser valorizada pelo impacto mediático que registou. Porém ela de nada servirá se os cidadãos e as autarquias não assumirem as suas responsabilidades nesta matéria.

A caminho do mês de Março este é o tempo adequado para que as autarquias – Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia – partam para o terreno e, em colaboração com os corpos de bombeiros, identifiquem os pontos críticos da área da sua jurisdição, mobilizando os proprietários e toda a sociedade local para intervirem na minimização do risco.

Organizem-se jornadas de trabalho com a mobilização voluntária de cidadãos e de organizações da sociedade civil ao nível das freguesias e das aldeias do país para, com o adequado apoio técnico, proceder-se à limpeza do mato e resíduos florestais acumulados nas nossas florestas.

Chega de diagnósticos e de campanhas publicitárias. É preciso agir. Já!


Duarte Caldeira
    Repórter Caldeira