05 fevereiro 2014

Bombeiros Voluntários Querem Central 112 em Leiria para Evitar Falhas


Bombeiros culpam o 112 pelos atrasos no socorro. Comandante da corporação de Leiria defende descentralização dos serviços.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Leiria, Almeida Lopes, desafia o Ministério da Administração Interna a (re)instalar em Leiria a Central 112, para evitar atrasos e falhas de comunicação de ocorrências no concelho, como a que se registou no passado dia 31 de Janeiro em Coimbrão, em que os bombeiros de Monte Redondo chegaram 30 minutos depois de ter ocorrido a colisão entre duas viaturas, na qual resultou um ferido grave.

“Desde que os serviços da Central 112 foram concentrados em Lisboa que têm ocor­rido casos preocupantes em termos do socorro. Se esta situação se mantiver poderão estar em causa vidas humanas. Os bombeiros é que não têm que ser insultados pela população, pelos atrasos na chegada ao local das ocorrências sem terem culpa nenhuma. Para evitar estas situações, a Central 112 deveria ser reinstalada em Leiria para que a prestação do socorro fosse mais célere”, defende Almeida Lopes, salientando que os agentes de protecção civil locais “são quem conhece a realidade o concelho e a região”.


Fonte: Diário de Leiria