01 janeiro 2014

GNR despista-se com carro e morre num canal de rega


As autoridades estão a investigar o que terá provocado, ao princípio da noite desta quarta-feira, em Vila Verde, o despiste e a morte de um GNR na reforma, que caiu de carro num canal de rega, paralelo à Estrada Nacional 205, que liga Prado a Barcelos.

O acidente ocorreu em Cabanelas. O condutor do carro, de 62 anos, saiu da faixa de rodagem, pouco depois do quilómetro 38, galgou a berma do lado oposto e mergulhou num antigo canal de rega com pouco caudal.

Os Bombeiros Voluntários de Vila Verde, com o apoio da VMER de Braga, estiveram no socorro a Luís Ferreira Sousa, natural de Parada de Tibães e residente em Prado, onde prestou serviço como GNR, antes de se reformar.

"Estava encarcerado e inconsciente", indicou fonte dos bombeiros. Apesar dos esforços e de várias manobras de reanimação, o condutor do carro faleceu no local. No entanto, apenas a autópsia poderá revelar se terá sido o despiste a causa do óbito ou se terá sofrido algum problema de saúde ao volante.

O Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação da GNR de Braga esteve no local para recolher indícios das causas do sinistro, ocorrido a meio de um trecho com cerca de quatro quilómetros conhecido como "reta de Cabanelas".

A EN205 esteve cortada ao trânsito, em ambos os sentidos, durante duas horas e meia, para se proceder às diversas operações no terreno, sendo que o trânsito foi desviado por entre uma via de acesso aos pavilhões industriais existentes no local.

Fonte: JN