21 janeiro 2014

APG pede mais meios para que GNR aplique multas na hora aos donos de terrenos florestais

O presidente da Associação de Profissionais da Guarda (APG/GNR) considera positiva a aplicação de multas na hora aos proprietários florestais que não limpam os terrenos. César Nogueira sublinha, porém, que a GNR precisa de mais profissionais e de mais meios para cumprir a medida que está a ser preparada pelo Governo.


“A medida achamos que é boa. Como é que a vão conseguir implementar no terreno é que temos que saber mais pormenores. A GNR tem sempre condições para assumir essa tarefa. É lógico que o que nos preocupa é que com os meios humanos e materiais que a GNR atualmente possui. Alguma coisa tem que ser feita nesse sentido”, afirma César Nogueira à Antena 1.

O responsável acrescenta que a “tutela sabe que a GNR tem um défice muito grande de profissionais, por isso o ideal era haver mais vagas para cursos para a GNR e mais meios para chegar a todos os proprietários”. “As matas têm os acessos muito difíceis e o atual parque automóvel da GNR, para além de estar deficitário, está degradado”, argumenta.

Este comentário surge depois do anúncio feito à Antena 1 pela ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, de que está a estudar um sistema com o Ministério da Administração Interna para que os proprietários florestais que não limpam os terrenos passem a ser multados na hora pela GNR.

Vídeo Aqui!

Fonte: RTP