24 janeiro 2014

Ambientalistas plantam árvores no Caramulo para homenagear bombeiros

caramuloO Projeto Floresta Comum vai homenagear os bombeiros voluntários, dia 25 de janeiro, com a plantação de 2014 carvalhos e sobreiros na freguesia de Guardão, coração da serra do Caramulo, no concelho de Tondela.

 

Esta ação de plantação de árvores autóctones portuguesas pretende ser uma homenagem às corporações de Bombeiros Voluntários, pelo esforço no combate aos incêndios que se têm verificado nos últimos anos nesta serra, contando com a participação de elementos e representantes das corporações de B.V. de Campo de Besteiros e B.V. de Tondela.

Esta iniciativa da Junta de Freguesia do Guardão é apoiada pelo Projeto Floresta Comum da Quercus, ICNF, ANMP, UTAD, pelo Município de Tondela e pela Lousitânea – Liga dos Amigos da Serra da Lousã.

A ação no terreno conta com o trabalho de voluntariado dos colaboradores da Corticeira Amorim.

Este bosque será constituído por 2014 carvalhos e sobreiros, numa área ardida com cerca de 3 hectares, localizada num baldio próximo do lugar de Carvalhinho. Sendo esta uma das várias iniciativas de reflorestação que se irão levar a cabo nesta freguesia da Serra do Caramulo.

A plantação de carvalhos e sobreiros na Serra do Caramulo ajudará a criar, no futuro, uma barreira ao avanço de incêndios.

"As florestas autóctones estão mais adaptadas às condições do solo e do clima do território, por isso são mais resistentes aos incêndios, pragas, doenças, longos períodos de seca ou de chuva intensa, em comparação com espécies introduzidas. Por isso, a criação de áreas florestais com espécies autóctones, como o carvalho e o sobreiro, é uma das estratégias recomendadas para a proteção contra os fogos florestais nas zonas Norte e Centro de Portugal, que apresentam maior incidência de incêndios", adiantam os organizadores.

A acrescentar ainda nas funções desempenhadas por este tipo de floresta, a "mitigação de CO2 no combate às alterações climáticas e a regulação do ciclo hidrológico, conservação da biodiversidade, e o equilíbrio biológico das paisagens".

 

por Centro TV