27 dezembro 2013

Coimbra: Bombeiros criticam relatório sobre mortes no combate a fogos

INCENDIO-CARRO-BOMBEIROS-COJA-01-CJM-300x168“Pela minha experiência acho que os bombeiros, na sua generalidade, têm formação suficiente” para atuar em situação de incêndios, considera António Simões. O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Coimbra reagia, assim, ao relatório sobre os incêndios florestais em 2013 elaborado pelo Ministério da Administração Interna (MAI).

O documento foi divulgado na segunda-feira e refere que os bombeiros devem ter melhor formação “em matérias relacionadas com o comportamento do fogo”.

Gonçalo Santos, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes, admite que tenha que haver um outro tipo de formação, uma vez que “o comportamento dos incêndios tem-se revelado diferente”.

 

por asBeiras.pt