20 dezembro 2013

B. V. Sines: Exercício Operacional em Metalomecânica

Imagem 125Os Bombeiros Voluntários de Sines realizaram este sábado, 9 de Novembro, um exercício na empresa Setrova, em Sines. O Exercício realizou-se durante a manhã e teve como objetivo testar a capacidade da empresa em caso de emergência e a resposta dos Bombeiros no rápido e competente socorro.

A Setrova trata-se de uma empresa de metalomecânica, como tal o exercício debruçou-se sobre a queda de instrumentos metálicos sobre três funcionários. O alerta foi dado por volta das 10 horas para o socorro a três vítimas de trauma, entre as quais uma delas encarcerada debaixo de uma estrutura metálica, outra no interior de uma grande tina e uma terceira caída em pleno chão, resultante do embate de uma estrutura.
Imagem 131

O socorro relativo à vítima encarcerada foi efetuado com o uso de material de desencarceramento, nomeadamente almofadas de alta pressão para levantar a estrutura metálica, concedendo espaço para os bombeiros removerem e imobilizarem a vítima. Já o funcionário que se encontrava no interior da tina metálica foi resgatado através da imobilização da mesmo, sendo a remoção efetuada com o apoio do pórtico (grua) da nave da empresa. A terceira vítima que se encontrava no chão, já tinha sido imobilizada pela equipa de primeira intervenção da empresa, sendo necessário somente a remoção para a ambulância.

Este exercício teve um cenário bastante atípico, no entanto os trabalhos de socorro, planeados para cerca de uma hora e meia, tiveram somente a duração de 50 minutos. Este facto deveu-se à excelente comunicação entre as equipas de socorro e a capacidade de improviso num teatro de operações tão peculiar.

Durante o debrifing, a equipa de socorro concluiu que o resultado do exercício foi bastante produtivo, pois possibilitou o treino com instrumentos que não se utilizam diariamente, tal como o material de desencarceramento regularmente utilizado para a imobilização de veículos.

A equipa da Setrova ficou bastante satisfeita com o trabalho dos Bombeiros, pois tinham planeado um exercício com uma dificuldade elevada. Toda a nave da empresa se encontrava desarrumada para contribuir para um exercício com as características mais árduas para os Bombeiros.

No exercício esteve presente a VMER LA (Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Litoral Alentejano) que observou os trabalhos realizados pelas equipas de socorro, contribuindo para uns melhores e maiores conhecimentos de ambas a partes.

O exercício terminou com uma almoço convívio entre Bombeiros, equipa da VMER e funcionários da Setrova.

Imagem 157