24 dezembro 2013

Antigo responsável da Escola de Bombeiros duvida de relatório sobre incêndios

O antigo diretor de formação da Escola Nacional de Bombeiros Joaquim Rebelo Marinho estranha que o relatório sobre os acidentes com vítimas mortais nos incêndios do verão aponte lacunas no treino dos bombeiros quando o autor do documento é Xavier Viegas, que dá aulas nessa área.

“Sendo o senhor professor Xavier Viegas quem ministra formação na área do comportamento do fogo e vende essa formação à Escola Nacional de Bombeiros – tem um protocolo em que é recompensado financeiramente por essas aulas que dá – acho estranho que, sendo ele que ministra essa formação e deixou de ministrar, venha agora apontar falhas nessa área”, afirma Rebelo Marinho à Antena1.

Rebelo Marinho considera que “é perfeitamente legítimo que achemos isso no mínimo estranho”. “Se todos começassem a passar pelo laboratório do professor Xavier Viegas, o que o relatório dirá é que deixa de haver lacunas na formação”, argumenta.

Tal como a Antena1 noticiou no início deste mês, o inquérito assinado pelo professor da Universidade de Coimbra Xavier Viegas aponta várias lacunas na formação dos bombeiros, que se traduzem na falta de conhecimentos básicos sobre o comportamento do fogo.

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, anunciou no domingo que deverá divulgar ao longo desta segunda-feira o relatório. A Antena 1 sabe que só vai ser tornada pública a parte que diz respeito à análise global de resposta do dispositivo aos incêndios. A parte específica dos incêndios com vítimas mortais, caso a caso, não vai ser divulgada.

Fonte: RTP