04 novembro 2013

Bombeiros Voluntários de Santarém comemorou 142 de vida e reclama mais apoios





As comemorações do 142 º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém tiveram lugar no domingo, dia 3.


As comemorações do 142 º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém tiveram lugar no domingo, dia 3, com as presenças do presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém, Diamantino Duarte, e do presidente da assembleia geral, Hermínio Martinho, entre outros, do presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, entre outros.


A cerimónia ficou marcada pelo “luto pelos bombeiros que morreram ao serviço da Nação nos incêndios florestais este verão”, disse o comandante dos Bombeiros Voluntários de Santarém (BVS), Rui Carvalho. Rui Carvalho disse que a corporação – composta por 88 elementos, dos quais 12 profissionais e os restantes voluntários – “necessita de mais apoio financeiro por parte do poder local”. Sublinha que a corporação está carenciada “no que respeita a meios de combate a incêndios urbanos”, tendo sido já apresentada uma candidatura ao QREN (Quadro de Referência Estratégica Nacional) para a sua aquisição . “Esperamos que até ao final do ano consigamos obter o que tanto ansiamos”, concluiu o comandante dos BVS.

A centenária Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém possui mais de 5.000 sócios e está a crescer a olhos vistos, desde 2007, altura em que mudaram de instalações.

Do programa das comemorações, além da formatura geral no quartel dos BVS, fizeram parte uma romagem aos cemitérios de Santarém, Almoster e Romeira, em homenagem aos bombeiros e dirigentes falecidos e um almoço de confraternização.

Fonte: Ribatejo