24 outubro 2013

Vagão com amoníaco descarrilou no Poceirão

Um vagão de um comboio de mercadorias que transportava uma cisterna de amoníaco descarrilou, esta quinta-feira, na estação do Poceirão, concelho de Palmela, mas a Proteção Civil assegura que não houve fuga nem qualquer situação de perigo para a população.


Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o acidente ocorreu quando o comboio efetuava manobras junto à estação ferroviária do Poceirão, mas não provocou feridos nem houve qualquer fuga de amoníaco.

O amoníaco é um gás incolor, tóxico e corrosivo na presença de humidade.

Não obstante não ter havido qualquer fuga, as autoridades estabeleceram um perímetro de segurança enquanto decorrem as operações de remoção da cisterna e do vagão, dado que a estação ferroviária está praticamente dentro do Poceirão.

A circulação ferroviária não foi afetada, uma vez que existem outras linhas disponíveis na estação do Poceirão.

Fonte: JN