18 outubro 2013

Simulação de incêndio no IPO-Porto testa Plano de Emergência Interno


Dois feridos graves, dois utentes bloqueados pelo fumo e pelo fogo, um deles com alterações comportamentais, são o resultado deste simulacro de incêndio que vai permitir ao IPO-Porto, Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto, PSP e INEM testarem os Planos de Emergência Interno (PEI) e Específico do Serviço (PES) da Instituição, bem como a coordenação de todos os intervenientes internos e externos. O exercício será realizado no próximo sábado, dia 19 de Outubro, pelas 15:00, avança o instituto, em comunicado de imprensa.

O sobreaquecimento de um televisor num quarto de internamento do piso 1 do Edifício dos Cuidados Paliativos, um curto-circuito e um posterior incêndio é o cenário que vai dar início ao 190º simulacro realizado no IPO-Porto, sendo o 10º a envolver Agentes da Protecção Civil.

O exercício de simulacro vai implicar a evacuação de alguns locais do Edifício de Cuidados Paliativos, devido ao agravar da situação pela dispersão do fumo, bem como a activação do Suporte Avançado de Vida – Equipa de Reanimação Intra Hospitalar, devido a uma paragem cardiorrespiratória de um dos feridos.

Assim, testar a operacionalidade do Plano de Emergência Interno e o manuseamento de extintores e carretéis, treinar as comunicações entre os intervenientes (internos e externos), exercitar a articulação da estrutura interna do IPO-Porto com os meios externos de apoio e socorro, activar o Suporte Avançado de Vida e operacionalizar os centros de informação e comunicação e o apoio psicossocial são os objectivos de mais um simulacro no Instituto.

Fonte: POP.eu.com