13 outubro 2013

O Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) confirmou hoje o sequestro de seis colaboradores seus no norte da Síria por um grupo armado desconhecido, disse um porta-voz da organização.
A equipa foi capturada hoje pelas 11:30 locais (08:30 de Lisboa), numa região controlada por rebeldes, na estrada que liga as localidades de Semin e Saraqeb, na província setentrional de Idleb.
A porta-voz do CICV explicou à Efe que o contacto com a equipa foi perdido hoje de manhã. A equipa é constituída por sírios e médicos estrangeiros, não tendo a responsável precisado as suas nacionalidades.
Os funcionários da Cruz Vermelha deslocaram-se na quinta-feira passada à província de Idleb para avaliar a situação sanitária na região e previam regressar hoje a Damasco.
Por seu turno, a agência noticiosa oficial, Sana, citada pela Efe, informou que um suposto grupo terrorista abriu fogo contra um veículo que transportava uma equipa da Cruz Vermelha na estrada que liga Semin e Saraqeb.
Fonte: RTP