31 outubro 2013

Hospitais recebem 52 vítimas de AVC por dia mas apenas uma pequena parte através do INEM

Principal causa de morte em Portugal, os acidentes vasculares cerebrais (AVC) conduzem, todos os dias, 52 vítimas aos hospitais, embora só uma pequena parte – uma em cada cinco - recorra ao 112, revela a edição desta terça-feira do Jornal de Notícias.

De acordo com dados recentemente divulgados pela Direcção-Geral de Saúde a que o diário portuense teve acesso, dos 19 mil doentes que entraram nos hospitais em 2012 com derrame, só 3763 o fizeram através do INEM.

Esta opção deve-se, segundo o JN, ao facto das pessoas não saberem reconhecer os sintomas do AVC e desconhecerem que podem estar a agravar o risco de morte e a aumentar as probabilidades de ficar com sequelas para o resto da vida.

Ainda de acordo com os mesmos dados, os acidentes vasculares cerebrais (AVC), também conhecidos como derrames, matam, em média, 35 pessoas por dia, num total de 12 690 mortes em 2011.
 
 
por Diário Digital