14 outubro 2013

Hóspedes a dormir numa unidade hoteleira tiveram de fugir para a rua de madrugada.

Um violento incêndio destruiu ontem de madrugada uma loja de venda de artigos religiosos e velas e causou o pânico aos dezassete peregrinos que estavam a descansar numa unidade hoteleira, em Fátima. Recorde-se que, ontem, terminou a peregrinação de outubro no Santuário de Fátima, cerimónia que foi participada por mais de 200 mil pessoas.

O alerta das chamas foi comunicado às autoridades pelas 03h50. Quando chegaram ao estabelecimento, localizado num rés do chão da rua Jacinta Marto, os bombeiros depararam-se com fumo intenso no edifício pelo que, por precaução, solicitaram a evacuação da unidade hoteleira no primeiro e segundo andares. 

Dezassete hóspedes foram obrigados a abandonar o estabelecimento e dirigiram-se para a rua. Após a extinção das chamas e depois de realizada uma vistoria que certificou a segurança do edifício, todos os peregrinos puderam regressar aos quartos.

As chamas foram combatidas por 9 Bombeiros Voluntários de Fátima, auxiliados por 3 viaturas. Os trabalhos de rescaldo foram complicados e terminaram às 08h30. 

A GNR investiga agora as causas que originaram o incêndio que destruiu imagens de santos e velas. 

Fonte: CM