31 outubro 2013

Bombeiros rejeitam críticas do clube

Direcção da corporação não considera 200 euros por jogo excessivo para um clube com um orçamento de várias centenas de milhares de euros

A direcção dos Bombeiros Voluntários de Tondela (BVT), a que preside António José Mano, refutou ontem as críticas feitas pela direcção do Clube Desportivo de Tondela (CDT), em relação ao valor solicitado ao clube pela presença de uma equipa de bombeiros nos jogos.
 
De acordo com António José Mano, o serviço prestado aos bombeiros passou de gratuito a pago por diversas razões, que se prendem com a solicitação, por parte do clube, de 4 elementos, com o facto de os jogos não se realizarem apenas ao fim-de-semana e com as consequências severas caso a equipa de bombeiros não esteja no estádio uma hora antes do início do jogo.
 
 
por Zé Beirão / Diário de Viseu