21 novembro 2010

Deslizamento de Terra deixa Reservatório de Gás Suspenso

Depósito no Parque Industrial de Grijó continha 2500 quilos de GPL e foi necessária fazer a trasfega para um camião-cisterna

A queda de um muro que servia de suporte a um lote da zona industrial de Grijó, em Gaia, deixou parcialmente suspenso um reservatório de gás.

Por alguns momentos chegou-se a temer o pior mas com a ajuda dos Bombeiros Sapadores de Gaia e um camião-cisterna da empresa foi possível fazer a trasfega sem causar danos quer materiais quer humanos.

O alerta foi dado às 15.00. Devido à forte chuva, um muro que servia de suporte a um terreno onde se encontra o pavilhão 9, do Parque Industrial de Grijó, na Rua da Boavista, cedeu e parte das terras aluiu. No local encontrava-se um reservatório de gás, com 2500 quilos de GPL, que acabou também por deslizar ficando parcialmente suspenso.

O pedido de ajuda foi feito pela própria empresa, Mastergás, que ali faz a adaptação de veículos para o sistema GPL, assim como o abastecimento das viaturas. As operações começaram pela inspecção do reservatório e verificação de alguma fuga de gás. O depósito não tinha sofrido qualquer dano e para o local foi encaminhado um pesado onde se fez a trasfega do combustível, numa operação que levou mais de hora e meia.

Por volta das 17.40, os bombeiros estavam já a fazer o rescaldo. Entretanto, a empresa abriu um inquérito para apurar as causas do acidente, embora, segundo os bombeiros, na origem do deslizamento terá estado a infiltração da água da chuva que causou peso ao ponto de derrubar o muro.


in: DN